taquara

o passado é um país que se apaga
enquanto avanças pela cidade paterna
atrás de fachadas de atrozes cores
cai o último reboco do clube comercial

na memória a prefeitura reina na praça
não há os três magazines que a engolem
as pessoas que antes olhavas de baixo
deambulam como feias formas de reflexo

e então ali está a velha rua da rodoviária
e a casa da tua avó antiga capital da nação
lá estão agora teu primo e tua tia sobreviventes
os últimos falantes de uma língua prestes a se calar

Anúncios

Sobre pedrogonzaga

Músico, professor, tradutor e azarão da escrita. Ver todos os artigos de pedrogonzaga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: