estradas

estradas da minha terra e seu homem a cavalo
carros em carga seus novos lanceiros
casebres na lonjura e postos de gasolina
sem bandeiras ou comida decente
pequenas cidades e grandes cidades
suas júlios de castilhos
suas borges de medeiros
a igreja feia a igreja 
miraculosamente bela
e depois a estrada
e a larga fronteira
serras verdes e pampa verde
mar cinzento

cinzentas cidades

séculos depois

marechais florianos e duques de caxias
matrizes sem igreja e restaurantes vazios
onde toca para ninguém
antigos sucessos feitos de gordura e pó

Anúncios

Sobre pedrogonzaga

Músico, professor, tradutor e azarão da escrita. Ver todos os artigos de pedrogonzaga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: