mapa-múndi

havia na parede da sala de nossa casa
um mapa-múndi de um dourado fosco
feito de um metal maleável e escuro
que tantas vezes olhei sendo menino

por vezes chegava bem perto do quadro
tentava decifrar os nomes em relevo
todos eles ininteligíveis em continentes
inventados por um falso cartógrafo medieval

mas o tempo foi apagando as indicações
e a umidade do rio que costeia o bairro
terminou por descolar a lata do fundo de madeira
e o mapa foi esquecido num canto qualquer

um dia eu estava crescido e poucos cabelos
e revirava os entulhos da garagem atrás de coisas 
úteis para levar na primeira mudança e então lá
aquele mundo nublado por uma vermelha oxidação

contra todos os pedidos o levei comigo
e o impus à nova mulher como prova de amor
como meu sonho de marco polo mas uma faxineira
de uma só feita areou todas as maravilhas

Anúncios

Sobre pedrogonzaga

Músico, professor, tradutor e azarão da escrita. Ver todos os artigos de pedrogonzaga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: