o músico

a vingança desce azul
depois magenta e vermelha
explode no quarto
em que teu corpo nu e úmido
ainda não deixou a cama

reluzem as tintas em tua pele
os bichos gravados na carne
sempre vivos em minhas mãos

mas a tevê protesta muda
a tevê não aceita o desprezo
que lhe votamos lassos
não aceita teus cabelos de selva
não percorrível antes de três dias

por isso mata o músico
nas proximidades de nova iorque
para que nos doa a letra
que antes embalava o amor

Anúncios

Sobre pedrogonzaga

Músico, professor, tradutor e azarão da escrita. Ver todos os artigos de pedrogonzaga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: