as novidades

as novidades chegam de madrugada
a bordo de ligações importantes
cientes de que o corpo ainda tenro
da noturna morte singela do sono
mais bem será crivado por suas estacas

as novidades sabem que de madrugada
o esterno se abre feito uma flor branca
as costelas afrouxam o arco das barras
e os pulmões são dois balões cinzentos
expostos como airosos cachos de uva

as novidades amam a madrugada
pelo instante em que a consciência diz
está aqui uma criatura humana
apta a saber tudo o que lhe reservamos
mansamente submetida ao desconhecido

as novidades ressoam de madrugada
a algazarra de mil trombetas de bronze
para que as ouçam os despertados
mas também os amantes insones
tocando a cada qual seu calafrio

Anúncios

Sobre pedrogonzaga

Músico, professor, tradutor e azarão da escrita. Ver todos os artigos de pedrogonzaga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: