pedras

chove do outro lado onde há rua
pedras verdes e vermelhas e azuis
derretem em um mundo sem cor
todos parecem ter pressa
cobertos por flores sujas

tenho a nítida impressão
de ter entendido mais o mundo
de ter sido capaz de guardar
coisas úteis na memória
como a ficha técnica
do trio que acompanha coltrane
na gravação de my favorite things

a luz branca do raio
grande bobagem
o som em meus ouvidos
que não escutam
o mundo derrete branco
os sonhos seguem secos
chove sempre do outro lado
houve um tempo em que me importava
ter esquecido as janelas abertas

Anúncios

Sobre pedrogonzaga

Músico, professor, tradutor e azarão da escrita. Ver todos os artigos de pedrogonzaga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: