pássaro

há alguma coisa em ti de fruta pequena
de fruta de bosque, de fruta selvagem
misterioso espinho que fere a língua
que pronto se converte em sumo e água
entre ramas de uma vegetação sutil
quase translúcida relva de teus braços
percorrem-te mãos incapazes de te prender
aram-te o corpo unhas de sólida proteína
há alguma coisa em ti de polpa doce
feira para guardar ao fundo uma só semente
que ofertas tranquila
como um pássaro se oferta ao sacrifício

Anúncios

Sobre pedrogonzaga

Músico, professor, tradutor e azarão da escrita. Ver todos os artigos de pedrogonzaga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: