o baile

dentre as mitologias necessárias para
que algo disforme como a consciência
tenha a aparência íntegra dos polímeros
está um sem-número de medos particulares
forjados na incerta nebulosa da infância:
o medo de que as mariposas
me cegassem quando menino ainda hoje
me paralisa os músculos,
embora tal medo também tenha sido usado –
e eis o que entendo por mitologia –
para caracterizar, com uma nota bizarra,
o personagem levemente bufo que represento

mas é imperioso admitir que minto e menti
nas tantas vezes que à exceção das bruxas
me apresentei ao público impávido como aquiles
(quando muito tolo e irado como ele)
enquanto colecionava medos em surdina
ornados com pílulas preciosas
bailando em multicolores vestidos
em uma câmara aberta somente à noite
como as noivas trancafiadas do barba azul

mas a certa altura a orquestra pára
e um a um os rostos abrem suas pétalas
e o oco de suas bocas rubras
coroadas por dentes precários:
eu sou o medo do inverno sempre mais agudo a cada junho
eu sou o medo da vida dissipada nas falsas tardes nos cafés
eu sou o medo de não voltar a ver o rosto franco de um amigo
eu sou o medo de ouvir um disco do coltrane e não sentir nada
eu sou o medo do amor convertido em cal como o solo de cartago
eu sou o medo do dia em que haverei de abraçar o corpo frio de meu pai

Anúncios

Sobre pedrogonzaga

Músico, professor, tradutor e azarão da escrita. Ver todos os artigos de pedrogonzaga

Uma resposta para “o baile

  • barbara

    olá querido! que lindo o baile dos medos…e olha que não estou gripada! o medo geralmente acompanha os desejos e muitas vezes nos impede de alcançá-los, e como aplicas o medo no teu poema, ele aparece quase cintilante, e constroi, ouve, sente, vê…bela maneira de encarar o medo. Fazia tempo que não visitava teus poemas…adoro! bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: